08 abril 2011

Morte ao Tamarindo

Já faz um tempo que o foco das notícias relacionadas à preservação ambiental em Blumenau é o Tamarindo localizado próximo a ponte Vilson Kleinübing, ou, ponte do tamarindo, como é popularmente conhecida. Com sinceridade, toda vez que leio algo nesse sentido me pergunto "porque"?

Enquanto inúmeras obras em Blumenau vem derrubando espécies nativas em áreas de preservação permanente, como matas ciliares, colocando em risco a população próxima à estes locais, o movimento ambientalista foca suas ações na proteção de uma espécie exótica. Sim, exótica pois o tamarindo não é uma espécie tipicamente brasileira...

Sinceramente, mesmo levando em consideração que foi uma árvore plantada pela filha de Fritz Muller e todo seu valor histórico-cultural, toda essa preocupação com um único espécime não é justificável, e apenas servirá para rotular as poucas pessoas preocupadas de fato com o desenvolvimento sustentável de Blumenau como "ecochatos e afins".


Morte ao Tamarindo!!!

3 comentários:

  1. guilherem guimaraescamposquarta-feira, 20 abril, 2011

    Eu concordo com vc cara e suas especificaçoes sobre o mesmo, agora te digo se é pra salvar, tem q começar com ulguma coisa e dizer mais ou menos como vc ta dizendo é bom ja é um grande começo para conhecimento, q ,essa precupaçao só está existindo por conta de uma rotulaçao pessoal pra uma unica pessoas, e os brasileiros tem q ter a necessidade de ter oq e seu "mal informados" pq estao deixando derrubar as nossas plantas q sao de dificuldade ampla pra poder posuir uma unica "muda" q muitas vezes nao tem nem frutos e sementes elas sao geradas por polem unicamente coisa q o tamarindo e gerado por uma unica semente raspada, em solo areno argiloso e tropical de facilidade extrema quase mato nasci facil ........sinceramente fico triste pq isso acontece "mais a nova marca de carro no mercado sabem" desenformados muito porque aq tambem é igualzinho novas moradis expandindo para terrenos de mata jovem nos pés dos morros e barancos as antigas "arvores" estao em cima e outras marodias q plantam arvores em seus terrenos e depois decidem corta nao tem conciencia do seu planejamento e acham sinples cortalas para seu bem "materia" pois nao procuram um proficinal e nem tem muitos dispostos e instruir gratuitamente so se por algum dinheiro, entao uma arvores dessa em sua area pode ser facilmente contornado como chamando um engenheiro agronomo, flrorestal e civil, juntos eles armao estrategias para q a arvore permanesa no local por muito tempo, muitos anos , uma das e ter uma areas para abubaçao q sao pedrinhas de cristais e uma area para vc por a quantidade de agua necessaria para ela se alimentar .....obrigado se preocupem pois eles nao geraram e nos manten entao sem elas nao terra mais nada e o começo de tudo pra ticamamente sem elas os macacos nao se pendurariam , e nem eva comeria a maça entao valos la plante ou implante uma na sua cidade , rua ,casa ,escola, qualqer lugar é lugar mais tem q ter estudos .......ta e Guilherme Guimarares campos , 81-92921353 eu sou guardiao seja tambem ........

    ResponderExcluir
  2. Eu acho absurdo que as pessoas tentem impedir uma obra que melhora muito a infra-estrutura da cidade (ainda mais c o trânsito caótico que está hoje) em função de UMA árvore. Por mais que tenha seu contexto e valor histórico, esse empenho todo seria bem melhor empregado em questões mais relevantes como as que você citou. Acredito que, em vez de tentar impedir a construção da ponte, poderiam pedir que fossem plantadas árvores em outra área como um exemplo a toda população. Att, Thamara.

    ResponderExcluir
  3. a arvore não pediu para nascer e se desenvolver no local ,portanto se ali ela esta ,nós seres humanos temos que abaixar a cabeça e aceitar o grande valor que a mesma representa ,pelo tanto tempo de vida desse belo tamarineiro

    ResponderExcluir